“Há tarefas que demoravam 15 dias e que com o PHC CS são executadas em 10 minutos”

Play Video
Play Video

CLIENTE

Emose – Empresa Moçambicana de Seguros, SA

PARCEIRO

Teknisa

SOLUÇÃO

Gestão ERP

MÓDULOS

Gestão, Contabilidade, Pessoal, Imobilizado e Frota

DESAFIOS

Processamento do salários de forma integrada
Substituir muitas das tarefas manuais e o papel gasto na sua execução
Controlo e planeamento na gestão de frota
Gestão do imobilizado
Rapidez na resposta ao cliente e na cobrança de prémios
Integração das várias dependências presentes em todos os distritos do país Agregar informação certa, disponível para o colaborador certo

RESULTADOS

Ganho de tempo
Redução do trabalho administrativo
Eficiência dos recursos
Controlo da tesouraria
Eficiência de tempo e da produtividade dos colaboradores
Informação agregada e disponível para cobranças e melhoria da tomada de decisão
Gestão integrada das várias áreas da empresa
Controlo do imobilizado e das operações que o envolvem
Diminuição da pegada ecológica – gasto de papel
Controlo exaustivo da frota

Líder e com vontade de responder
à concorrência do mercado

A Emose é uma empresa moçambicana de seguros que tem sabido manter a liderança, mesmo tendo em conta a concorrência que a liberalização do mercado obriga. Começou por ser uma empresa estatal, fundada em 1977. Depois de 2017 teve início um profundo processo de transformação com a vontade inequívoca de incutir nos colaboradores as ferramentas e o conhecimento que lhes permitisse responder aos maiores desafios. Hoje, a Emose – Empresa Moçambicana de Seguros SA assume-se como a seguradora nacional número um, a mais robusta, aquela que garante maior sustentabilidade. Para além disso, está presente em todos os distritos do país, com dependências de norte a sul. Sabem que o cliente é mais exigente e que, por norma, as pessoas só fazem um seguro numa empresa na qual confiam. Mais do que optimismo, esta é uma inspiração.
Como é que tudo isto foi possível?
Damos uma pista: a PHC Software e o Parceiro Teknisa participaram na reinvenção da Emose e na sua confirmação enquanto empresa líder de mercado em Moçambique e de ascensão consistente.

“Havia a necessidade da Emose se reposicionar para uma nova realidade”

Joaquim Maqueto Langa é presidente do conselho de administração da Emose. Está na Emose desde 2017, um momento crucial para a empresa que sentiu, de repente, a enorme necessidade de se preparar para o desafio digital e, dessa forma, conseguir dar a resposta certa: “Era necessário reposicionar a empresa perante uma nova realidade.” Um caminho que nem sempre foi fácil, até porque este foi o ponto de partida para dar início às mudanças que se avizinhavam: “precisámos de orientar a empresa para o mercado”. Uma transformação transversal que influenciou não só a estrutura orgânica da empresa, como as operações envolvidas no próprio processo do negócio: 

“Sentimos algumas dificuldades em todo este processo, porque a concorrência era cada vez mais inovadora. Também tivemos necessidade de preparar os trabalhadores para uma nova maneira de fazer negócio e mais atualizada.”

Joaquim Maqueto Langa, presidente do conselho de administração da Emose

Prova superada

A partir dessa altura, “a Emose recuperou a liderança de forma consistente, redobrou a sua notoriedade no mercado, trouxe inovação à empresa” e confirmou aquilo que já há muito tempo é uma certeza em Moçambique: “oferecemos os melhores serviços aos nossos clientes”. É por eles, afinal, que tudo acaba por fazer sentido, algo que deixa o presidente do conselho de administração com a sensação de dever cumprido e orgulhoso do caminho percorrido. “Os nossos clientes sabem que no caso de qualquer eventualidade, seja de que magnitude for, a empresa tem capacidade de responder
e isso distingue-nos no mercado, para além de que muito nos orgulha.”

“Começámos a fazer o processamento de salários em menos de um mês, em tempo record”

Para Manés Virendralal, director geral da Teknisa, a Emose é um cliente especial. “Chegámos à Emose com uma mochila às costas e apresentámos a solução da PHC. Implementámos o software gradualmente e de forma modular.” E se inicialmente o plano indicava que seria a contabilidade o foco do trabalho, começaram pelo processamento de salários, uma área delicada e em que não poderia haver falhas: “Tivemos um desafio enorme com a questão dos salários e, em menos de um mês, começámos a processar vencimentos. Só depois passámos para os restantes módulos de forma faseada: contabilidade, gestão para controlo da tesouraria, imobilizado e frotas.”
Manés Virendralal continua a história: “Quando trocámos algumas ideias com os elementos do gabinete de contabilidade, quisemos saber se havia alguma necessidade ou melhoria a fazer. Nessa altura percebemos que os processos de extracção de dados era manual e que tudo era impresso em papel. Havia ainda um batalhão de pessoas que faziam os balanços contabilísticos, para depois conferirem todos os dados e procerem às devidas correcções onde era necessário.”

“A framework do PHC CS permitiu apresentar uma solução que surpreendeu tudo e todos”

Um trabalho exaustivo possível apenas depois de fazer uma análise multi-dimensional de todas as áreas verticais das várias dependências da seguradora e em todo o país: “Fizemos o levantamento dos vários graus de produção, incluindo todos os ramos dos produtos que vendiam.”
Prova de que o trabalho de equipa dá frutos, Manés Virendralal não tem dúvidas de que os bons resultados só foram possíveis “graças à framework do PHC CS que permitiu apresentar uma solução que surpreendeu tudo e todos”.
Depois da integração da contabilidade, foi a hora de tesouraria. E conclui, satisfeito: “Hoje em dia, a cobrança de todos os prémios é feita através do PHC CS.” Seguiu-se a gestão do imobilizado da empresa e da frota, pela grande qualtidade de viaturas que a empresa tem ao serviço. Para o futuro, o director geral da Teknisa não tem dúvidas de que o grande desafio é a web: “A carência do fluxo de Internet é grande e esta é uma opção ainda muito dispendiosa de forma a conseguirmos estar online em todo o país. Porém, sabemos que o futuro passa pela migração para web. Só assim podemos aproveitar a largura de banda da melhor maneira, para além de que permite à empresa uma maior mobilidade.”

Orgulho no passado com visão de futuro

Apesar de já serem serem alguns os anos que unem esta trilogia de sucesso – Emose, Teknisa e PHC – e dado os resultados obtidos, esta é uma relação que está para durar. Se a sabedoria popular diz que o seguro morreu de velho, esse não será com certeza o destino de seguradoras como a Emose, que acredita no valor do seu trabalho e de todos os seus colaboradores, sempre de olhos postos no futuro. Por isso, é com orgulho que confirmamos que este é mais um caso de sucesso da PHC Software com final feliz.

O ERP completo para a sua empresa

O PHC CS oferece-lhe 13 soluções completamente modulares. Isto significa que cada cliente pode escolher e personalizar as funcionalidades que melhor respondem às suas necessidades, de forma a construir um software de gestão à sua medida acessível em qualquer lugar.

Quer automatizar os processos e livrar-se de papéis?

De 16 de setembro a 25 de novembro

Este site requer um navegador mais atualizado para obter a aparência e usabilidade requiridas.

Para usufruir da melhor experiência e conhecer a PHC Software e os seus produtos, deverá aceder através de outro browser mais recente como Google Chrome, Firefox ou Safari.